Última oportunidade para os Europeus

O Open Vale do Sousa, cuja quarta edição realiza-se no próximo fim de semana (14 e 15 de novembro) na Piscina Municipal de Felgueiras, surge como derradeira prova de obtenção de mínimos para o Campeonato da Europa de piscina curta, a ter lugar em Netanya (Israel), de 2 a 6 de dezembro.

 

Até ao momento 14 nadadores portugueses (Diogo Carvalho, Alexis Santos, Rafael Gil, Angélica André, Ana Sofia Leite, Vitoria Kaminskaya, Ana Rodrigues, Tamila Holub, Nathan Teodoris, Gabriel Lopes, Tomás Veloso, Ana Catarina Monteiro, João Vital e Diana Durães) garantiram o “passaporte” para o Europeu.

 

O Open Vale Sousa, além de ser a derradeira oportunidade para Netanya, permite ainda a obtenção de mínimos para os Mundiais de piscina curta do próximo ano (6 a 11 de dezembro, em Windsor, Canadá).

 

A competição, organizada pela Associação de Natação do Norte de Portugal em parceria com a autarquia local, conta com a participação de 262 atletas (130 masculinos e 132 femininos) em representação de 23 equipas.

 

Ana Catarina Monteiro, do Fluvial Vilacondense, Tamila Holub, do Sporting de Braga, Angélica André, do Fluvial Portuense, Luís Vaz, do Famalicão, Ana Leite, do Ginásio de Vila Real, Gabriel Lopes, do Louzan Natação, André Gonçalo Santos, do Leixões, Mário Pereira e Tomás Veloso, do CNAc, são algumas das principais figuras presentes no evento.

 

FC Porto, com 37 inscritos, é a equipa com mais nadadores em prova, seguido do Famalicão com 31 e Sporting de Braga com 25.

 

Rodolfo Nunes, diretor-técnico regional (DTR) da ANNP, realça a importância do Open Vale do Sousa surgir como “a derradeira hipótese de obter mínimos para os Europeus”, bem como ser “um bom momento de avaliação da preparação dos atletas, permitindo os ajustes necessários para as competições importantes do calendário nacional que se avizinham”.

Segundo o DTR, “prevê-se um bom fim de semana competitivo, numa piscina rápida e em que regra geral o público comparece com entusiasmo”.

 

Por sua vez, João Sousa, vereador do Pelouro do Desporto da Câmara Municipal de Felgueiras, considera que o Open Vale do Sousa “é definitivamente uma competição que marca o calendário nacional, na qual participam grandes nadadores e nadadoras, este ano com uma motivação extra para quem busca a sua última oportunidade de apuramento para os Europeus de piscina curta”.

 

“O Open Vale do Sousa tem sido palco de grandes feitos, sendo que, aqui, já foram batidos alguns recordes nacionais em edições anteriores, o que diz bem do nível competitivo do torneio. Também para os atletas do concelho, neste caso do Foca, é mais uma oportunidade para competir entre os melhores”, refere o autarca.

 

Segundo o autarca, “os muitos espetadores que assistem às provas, especialmente os que nos visitam, poderão disfrutar do que há de bom em Felgueiras”. “E são muitas coisas, das quais destaco o nosso património paisagístico e arquitetónico (temos cá cinco monumentos da Rota do Românico), o comércio, a gastronomia, o vinho verde e a simpatia da nossa população”, conclui.

 

No sábado e domingo as provas iniciam-se às 09h30 (eliminatórias) e 16h00 (finais).

 

O Open Vale do Sousa, de acordo com os regulamentos da Federação Internacional de Natação (FINA) e da Federação Portuguesa de Natação, está inscrito no calendário da Liga Europeia de Natação (LEN).

 

Serão atribuídos, pela primeira vez, prémios monetários. O vencedor coletivo da competição vai receber 200 euros, o segundo classificado 150 euros e o terceiro classificado 100 euros. Os atletas que estabelecerem novos recordes nacionais absolutos em finais terão um prémio monetário de 100 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *