Portugal perde frente à Rússia

Seleção masculina sobe ao 18.º lugar do ranking europeu

Portugal perde frente à Rússia

 

 

27 de setembro de 2015 – Portugal perdeu hoje frente à Rússia por 16-4 (7-1, 2-1, 3-1, 4-1), em jogo da 3.ª jornada do Grupo H da segunda ronda de qualificação para o Campeonato da Europa de 2016 que decorreu em Astrakhan, na Rússia, igualando o melhor resultado de sempre frente aos russos conseguido em 2013 e subindo ao 18.º lugar do ranking europeu.

 

Ante um forte adversário, a Seleção Portuguesa só não conseguiu equilibrar o primeiro parcial, mantendo-se nos restantes períodos em luta acesa, como salientou o selecionador Jorge Mota: “Já esperávamos dificuldades nesta partida, entrámos muito mal no jogo, mas com enorme espírito de sacrifício e grande entrega dos jogadores conseguimos equilibrar os restantes parciais”.

 

Os golos portugueses foram apontados por Maxim Secrieru (3) e Ricardo Sousa (1).

 

Os russos, com 18 pontos, e a Turquia, com 12, garantiram o apuramento para o Europeu que terá lugar em Belgrado, Sérvia, no próximo mês janeiro. A Seleção Nacional, que antes havia goleado a Letónia (30-0) e perdido frente aos turcos (14-9), foi terceira com 6 pontos e os letões últimos sem qualquer ponto.

 

Sérvia, Hungria, Itália, Montenegro, Croácia, Grécia, Espanha, Roménia, Rússia, Turquia, Alemanha, Malta, França, Eslováquia, Holanda e Geórgia são as 16 seleções que vão disputar o Europeu.

 

Para o técnico português, a equipa nacional “conseguiu bater-se com equipas mais fortes ao longo da fase de qualificação”, adiantando que a performance dos lusos vale a ascensão “ao 18.º lugar do ranking europeu”. “Ficámos a duas posições do Europeu, agora é preciso trabalhar para lá chegar”, acrescentou.

 

Também Tiago Costa, capitão da Seleção Portuguesa, quis mostrar o seu contentamento pela subida no ranking europeu: “Há um trabalho consistente ao longo dos últimos 10 anos que envolve várias gerações. É importante realçar que Portugal, ao atingir o 18.º lugar em 2015, consegue a melhor classificação de sempre. Em 2013 ocupávamos o 20.º lugar. Já conseguimos olhar para as equipas de topo de forma diferente, já nos aproximámos deles. Falta dar os próximos passos para conseguirmos estar no Europeu, entre os 16 melhores, é o sonho de muita gente”.

 

O jogador luso, de 39 anos, aproveitou para “dar os parabéns à Seleção Nacional Feminina que este fim de semana qualificou-se para o Campeonato da Europa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *