PORTUGAL É VICE CAMPEÃO EUROPEU

Era o jogo nunca imaginado e tornou-se no jogo que todos quiseram ver. O CDC de Matosinhos foi pequeno demais para todos os que não queriam perder um momento que perdurará como o dia em que Portugal tocou o céu e se tornou Vice-Campeão Europeu de Sub 16 Femininos! Impar! Histórico! Épico! Os adjetivos esgotam-se na qualidade deste fabuloso grupo que caiu na final frente a uma excelente República Checa (73-51) que atingia a sua 3ª Final consecutiva.

Durante muito tempo todos falarão deste dia, deste campeonato e, aquele arrepiante momento em que quase 5000 vozes se uniram a cantar A Portuguesa em homenagem a este fantástico grupo.

Faltava ainda a cereja no topo do bolo, a glória e reconhecimento para Ana Ramos que ergueu o troféu de MVP com Beatriz Jordão a juntar-se a ela no All Star Five da prova!!!

A nota final vai para Sónia Teixeira. A árbitra internacional apitou o jogo de atribuição da medalha de bronze e, muito provavelmente, poderia ter apitado a final não fosse o feito da nossa seleção. Um dia único para o Basquetebol Português a todos os níveis.

E eis a Final sonhada. Experientes e frias, as jogadoras da República Checa entraram melhor no jogo com um parcial de 10-2 nos primeiros 5 minutos. As checas defendiam bem e tapavam todos os caminhos do cesto e só à passagem do 4º minuto Portugal conseguiu um triplo. Resposta imediata das adversárias que conseguiam chegar aos 2 dígitos de vantagem com dois minutos para jogar no primeiro período. As portuguesas continuavam com muitos problemas ofensivos e a primeira paragem chegou com 19-07 para a equipa da Rep. Checa.

E de novo as checas a começar melhor com 5-0 e o resultado avolumava-se para 24-7. Apesar de um triplo a Rep. Checa não tremia e ia impondo o seu jogo com eficácia. Menos de 5 minutos para o intervalo e já venciam por 32-12. O maior sonho de todos estava a ficar mais longe para a brava equipa lusa. O intervalo chegou com uns claros 39-21 favoráveis à R. Checa.

Mas quem não conhece as guerreiras portuguesas passou a conhecer com um regresso dos balneários repleto de garra, de raça e de muito espírito de sacrifício. Portugal fez 8-0 em 3 minutos e, num ápice, acordava a multidão e fazia renascer a esperança. Um oportuno desconto de tempo por parte do selecionador checo serenou as suas jogadoras que voltavam a recolocar o jogo acima dos 20 pontos e o 4º período chegava com 56-35.

Faltavam 10 minutos mais de luta a uma equipa que fez sonhar todos os adeptos do basquetebol nacional e que nos levou até ao impensável último desejo – a Final e um possível título europeu. Não serão os números finais que ficarão na história mas sim o de um campeonato que terminou com o título de vice-campeãs europeias para as jovens e brilhantes atletas portuguesas. A partir de hoje, depois deste campeonato, todos sabemos que Portugal tem um futuro brilhante. Venha esse futuro que começa já amanhã com o Mundial no horizonte.

Classificações Finais:

1º – Republica checa

2º – Portugal

3º – Italy

4º – Spain

5º – Latvia

6º – France

7º – Hungary

8º – Russia

9º – Alemanha

10º – Servia

11º – Turkey

12º – Croatia

13º – Slovak Republic

14º – Belgium

15º – Netherlands

16º – England

 

Prémio Fair Play:

Turquia

All Star Five:

Ana Ramos (Portugal)

Veronika Sipová (Czech Rep)

Kamilla Ogun (Russia)

Beatriz Jordão (Portugal)

Lorela Cubaj (Italy)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *