Rafael Gil e Angélica André campeões

Rafael Gil (Naval Amorense) e Angélica André (Fluvial Portuense) conquistaram os títulos de 10km do Campeonato Nacional de águas abertas, que decorreu hoje na Amieira Marina, em Portel.

Em masculinos, Rafael Gil, que acumulou a medalha de ouro de seniores, nadou a distância em 1:47.36,3, deixando para trás Hugo Ribeiro (Individual da ANNP) e Mário Bonança, segundo (1:49.23,4) e terceiro (1:49.23,7) classificados, respetivamente.

“A prova correu muito bem. Senti-me bastante forte devido à experiência nas Taças do Mundo e do recente estágio de altitude no México. Queria destacar-me nas primeiras três voltas e depois sim atacar e acabei por vencer com alguma vantagem. Se conseguisse ser apurado para os Mundiais de Kazan, seria uma excelente experiência”, afirmou, no final da prova, Rafael Gil.

O título júnior foi conquistado por Diogo Marques (Columbófila Cantanhedense) com 1:49.24,7, seguido de Afonso Queiroga (União Piedense) com 1:51.39,7 e Fábio Aires (Naval Amorense) com 2:02.12,5.

Em femininos, Angélica André, que acumulou a medalha de ouro no escalão sénior, nadou a distância em 1:49.30,0. Vânia Neves (Leixões) conquistou a medalha prata com 2:02.17,5 e a júnior Marina Sequeira (Uniao Piedense) foi a terceira mais rápida absoluta com 2:07.45,8 que lhe valeu o ouro no seu escalão, seguida da júnior Maria Beatriz Dias (Scalabiswim) que alcançou a prata do seu escalão com 2:07.50,3.

“A prova correu bem, tinha como objetivo ir com os rapazes e consegui até à parte final. Estou bastante contente com esta vitória. Senti-me muito bem, foi muito importante este último estágio no México. Vou concentrar-me agora na qualificação para os Mundiais de Kazan”, afirmou, no final da prova, Angélica André.

Na prova de 5km de juvenis, Inês Santos conquistou o título feminino com o tempo de 1:07.59,4, seguida de Ana Reis (Náutico/Urgicentro-Sanfil) com 1:11.03,2 e de Sara Barbosa (Clube Aquático Pacense) com 1:11.04,2, enquanto em masculinos Tiago Campos alcançou o ouro com o registo de 1:03.55,5, seguido de Diogo Nunes (Fluvial Portuense) com 1:04.07,7 e de João Fernandes (São Roque) com 1:06.59,3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *