BP Ultimate Vodafone Team infeliz na 2ª corrida

Depois da excelente prestação na primeira corrida da prova inaugural do Campeonato Nacional de Velocidade disputada este fim-de-semana no circuito Vasco Sameiro em Braga, a jornada nortenha teve todavia um desfecho infeliz com a formação do BP Ultimate Vodafone Team a ficar de fora da corrida logo na primeira curva.

Para esta segunda corrida coube a Ivo Nogueira ocupar a segunda fila da grelha. Uma partida muito disputada viria a originar um toque, uma saída de pista e a imobilização do Tatuus PY 012. Um revés que não faz justiça ao bom trabalho da equipa, que conseguiu encontrar um bom setup para a máquina o que lhe permitiu chegar à pole position na primeira corrida e possibilitar uma boa evolução do estreante nesta disciplina, Ivo Nogueira, que este ano faz equipa com o atual campeão nacional Miguel Barbosa.

 “Num campeonato que se prevê muito disputado todas as pontuações vão ser importantes e terminar as corridas tornava-se por isso como que uma obrigação. Mas as corridas têm estes imponderáveis e tivemos esta infelicidade que não faz jus ao excelente trabalho da equipa desenvolvido ao longo do fim-de-semana. A afinação do Tattus permitiu-nos estar na frente na primeira corrida, manter um excelente andamento e proporcionar uma boa evolução ao Ivo, que fez aqui a sua primeira corrida. Vamos continuar a trabalhar esperando ter mais sorte nas próximas corridas” salientou em Braga o campeão nacional Miguel Barbosa.

Ivo Nogueira, por seu lado, explica que “na partida lançada posicionámo-nos bem, quase ao lado do Francisco Lobato. Um toque na primeira curva fez o nosso Tattus entrar em pião mas, pior do que isso, foi não ter sido possível voltar a pô-lo a trabalhar, o que ditou um final inglório de corrida”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *