Remo no Douro ao estilo “Oxford x Cambridge”

É já no dia 7 de fevereiro que se realiza a regata “Head of the Douro”. O rio transforma-se numa pista de remo com 6.600m, correntes e algumas curvas. A prova vai ser disputada em embarcações “Shell” de 8 com timoneiro, as mais emblemáticas no remo, cada uma com tripulação de 9 elementos, iguais às utilizadas na mundialmente conhecida regata entre as universidades de Oxford e Cambridge ao longo do Tamisa.

A regata começa em Gondomar e pode ser acompanhada pelas margens do Douro até à Ribeira onde vai ficar situada a meta. É num dos locais mais emblemáticos da cidade do Porto que se vai poder assistir à “recta” final da “Head of the Douro”.
Esta regata é só para tripulações masculinas, para remadores que não estejam integrados em projectos da selecção nacional.
Os vencedores vão a Londres participar na “Head of the River Race”, um dos mais antigos e emblemáticos eventos de remo mundiais que teve a primeira edição em 1926, surgindo com o pretexto de obrigar as tripulações a cumprir treinos mais longos durante o inverno, para prepararem convenientemente as Regatas de Verão (com 2.000m).
Em Portugal, a tradição neste tipo de regatas “Head” está a ganhar cada vez adeptos. A Head of the Douro” vai para a segunda edição e Avis, na barragem do Maranhão, vai receber este ano pela 5ª vez a “Head of the Cork”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *