Alexis Santos de bronze nos 400 estilos

Alexis Santos conquistou a medalha de bronze nos 400m estilos do Euro Meet que se iniciou hoje na piscina olímpica da “Coque”, em Kirchberg, no Luxemburgo.

O nadador português foi terceiro classificado nos 400m estilos com o registo de 4.25,47, acima do recorde nacional absoluto de 4.16,30 que lhe pertence desde 2013. A prova foi ganha por Jacob Heidtmann (Stadtwerke Elmshorn) com 4.21,73 e a medalha de prata foi para Kevin Wedel (SG EWR Rheinhessen-Mainz) com 4.25,31. Tomás Veloso terminou a prova no 17.º posto com 4.40,21.

Ainda na mesma distância, em femininos, Victoria Kaminskaya garantiu a melhor classificação portuguesa ao ser sétima com 4.53,66, acima do máximo nacional absoluto de 4.46,85 que está na sua posse desde o ano anterior. Madalena Azevedo foi 32.ª (5.ª júnior) com 5.09,99 e Ana Beatriz Martins 40.ª (8.ª júnior) com 5.11,62. A prova foi ganha pela húngara Zsuzsanna Jakabos (4.43,02), seguida das espanholas Mireia Belmonte (4.43,14) e Beatriz Gomez (4.45,03).

Nos 800m livres, Tamila Holub foi 17.ª (3.ª júnior) com 8.59,15, Diana Durães 30.ª (9.07,89) e Ana Catarina Monteiro 42.ª (9.32,75).

Nos 1500m livres, Alexandre Coutinho foi 12.º (5.º júnior) com 16.22,16, Guilherme Dias 14.º (7.º júnior) com 16.24,39 e João Gil 16.º (8.º júnior) com 16.37,42.

Nos 4x100m livres misto, o quarteto da Seleção Nacional, formado por Mário Pereira, Ana Leite, Ana Rodrigues e Luís Vaz, foi quinto classificado com 3.40,15. A prova foi ganha pela Hungria (3.37,69).

Nos 200m mariposa, Diogo Carvalho conseguiu o apuramento para a final A com o sexto melhor tempo (2.01,99), seguindo o exemplo Miguel Nascimento com o oitavo melhor registo das eliminatórias (2.02,87). Pedro Santos foi 13.º (2.06,87).

Na mesma distância, em femininos, Ana Catarina Monteiro qualificou-se para a final A com o 10.º melhor tempo em 2.16,96.

O Euro Meet conta com a participação de 861 atletas em representação de 123 equipas de 25 diferentes países.

O objetivo principal da comitiva lusa, segundo José Machado, diretor-técnico nacional da Federação Portuguesa de Natação, passa por “ganhar experiência competitiva” frente a outros nadadores europeus de renome, como o húngaro Lazslo Cseh, a espanhola Mireia Belmonte ou o alemão Paul Biedermann.

Esta competição permite a obtenção de mínimos para os Mundiais de Kazan, em agosto próximo, cujo “passaporte” já foi adquirido por Diogo Carvalho e Alexis Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *